h1

Ponte Nova

April 5, 2008

Por motivos acadêmicos fui almoçar no Restaurante Ponte Nova nessa sexta-feira, único dia da semana que ele abre para almoço. Estávamos decididos a analisar tudo e todos, desde a brigada, ao serviço e à cozinha. Alguns minutos depois, deixamos as observações de lado e começamos a curtir o lugar. Com uma música ambiente muito bem selecionada tocando clássicos em diferentes versões leves e uma decoração de muito bom gosto, o Restaurante tem um clima que, apesar de sofisticado, nos deixa bastante a vontade. Um painel ocupando toda a parede com uma imagem de 1914 da Rua da Aurora com a Conde da Boa Vista faz as homenagens a nossa cidade e a um tempo – e algumas lindas palmeiras – que não voltam mais.

No cardápio reduzido, que tem a proposta de variar de quatro em quatro meses, é visível a combinação de ingredientes tipicamente franceses com outros bem regionais como o mel de engenho, a macaxeira e o jerimum. Experimentamos o Couvert Amouse Bouche, que traz uma cestinha dos deliciosos pães caseiros, que de longe sentimos o cheiro, um crostini de presunto com tomate e azeite e o saborosíssimo rocambole de berinjela recheado de ricota e ervas. Excelente para começo de história.

dsc00136.jpg

Para o prato principal a escolha é difícil. Apesar de poucas opções, todas parecem criativamente excelentes. Pensei, pensei e fiquei com o Agneau Pont Neuf, ele não podia levar o nome do restaurante em francês à toa. O resultado foi um cordeiro prensado com um molho concentrado Tai, aquele feito com o sabor restante da panela onde se prepara a carne (imagino eu!), coberto com tomate adocicado de forno e farofa crocante de dendê. Acompanhava também legumes variados grelhados e um arroz jasmine de passas, castanha e amêndoas. Um combinação incrível de cores, sabores e nacionalidades que resultou num prato delicioso e diferente de tudo que já comi. Especial.

Estava louca para experimentar a famosa sobremesa Capuccino de Morango, mas quando olhei o relógio já tinha passado além da hora de voltar ao escritório. Ficou para depois, assim como a análise para trabalho da faculdade, que vou ter que convencer através da minha experiência gastronômica ou terei que passar lá novamente esses dias para “ver” melhor. Acho que é um sacrifício que terei que fazer!

Mas uma coisa deu para perceber, originalidade e muito bom gosto, isso que faz do Ponte Nova um restaurante contemporâneo de sucesso, um verdadeiro Cuisine Tendance, como ele é merecidamente intitulado.

Ponte Nova | Anexo à academia R2 | R. Bruno Veloso, 528 | Boa Viagem | F. 3327.7226

One comment

  1. aaaa mara, perdeuuuu!!! O MELHOOOR é o capuccino de morango, umas das melhores sobremesas que eu ja comi, e eu nem sou mto de morango… bora essa semana la? esse teu prato me pareceu muuuito apetitoooso! ahha beeijos



Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: