h1

Jantarzinho prático e seguro!

May 4, 2008

Depois que comecei a estudar gastronomia fiquei achando a cidade mais perigosa. Não sei se é desculpa para não sair de casa, reunir os amigos e testar algumas receitas, mas que tenho praticado – e comido – muito com esse medo, eu tenho sim: há males que vem para o bem! Todas as vezes esqueço de postar as experiências que faço, na verdade porque nunca anoto a quantidade de ingredientes. Mas vou colocar aqui um prato que fiz na véspera de feriado, com algumas arredondadas nas quantidades, mas o que importa mesmo são os ingredientes. É simples, fácil e fica ótimo!

Filé ao molho doce com arroz de castanha e aroma de alecrim – ainda sem nome!

Para o arroz

– Arroz parborizado cozido normalmente

– 1 xíc. de castanhas rapidamente trituradas a mão ou no liquidificador (cuidado para não virar pó!)

– um ramo de alecrim

– 2 c.s. de manteiga

– Azeite

Depois de cozinhar o arroz, esquente a manteiga com um fio de azeite em uma panela grande. Quando a manteiga estiver derretida adicione as folhinhas de alecrim e abaixe o fogo para a manteiga não queimar. Deixe o alecrim liberar bastante aroma e, com uma colher ou escumadeira, retire a maior parte do alecrim para ele não soltar um gosto amargo (se deixar uma folhinha ou outra não tem problema). Nessa manteiga aromatizada, coloque o arroz e as castanhas trituradas e mecha bem até o arroz ficar brilhante.

Para o Filé

– Medalhões de filé mignon temperados a gosto

– Óleo

– 1 xíc. de conhaque para flambar (opicional)

– 2 xíc. de vinho tinto

– 1 xic. de molho shoyo

– 1 xíc. de açúcar

– 1 colher de café de maisena

Tempere o filé com sal e pimenta, eu usei também um pouquinho de mostarda em pó para dar um saborzinho extra. Em uma frigideira grade, esquente um fio de óleo durante aproximadamente 40 seg. e coloque os medalhões para assar, no máximo três por vez para não soltar água e cozinhar. Reserve a medida que ficar do ponto desejado e coloque os outros. Depois de todos prontos, volte os medalhões à frigideira, coloque uma xícara de conhaque e flambe acendendo com um fósforo e deixando a chama por alguns segundos. O flambar é opcional, dá um sabor diferente à carne, que fica mais aromatizada.

Depois de flambar, retire os medalhões e coloque eles em uma assadeira no forno médio para manter a temperatura. Na mesma frigideira ainda aquecida e com o caldo do conhaque e da carne, adicione as xícaras de vinho, o molho shoyo, o açúcar e abaixe o fogo. Deixe cozinhar até engrossar um pouco, na maioria das vezes é preciso colocar um colherzinha de café de maisena para o molho não ficar líquido. Quando ele já estiver encorpado basta servir sobre os medalhões no prato e aproveitar.

O charmezinho

Para dar um colorido no prato, misture o alecrim que foi usado na manteiga do preparo do arroz com um azeite extra virgem e sirva ao redor do prato esse “azeite de alecrim” que dá um toque especial na combinação.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: